sábado, 14 de dezembro de 2013

PREFEITO DE CANDIOTA FALA SOBRE 20ª EDIÇÃO DO CANTO MOLEQUE .



Folador diz que emissoras de rádio, colaboram para a grandeza do evento e se diz defensor das emissoras comunitárias.


Com o lema : “Onde começa o artista”, teve início na noite da sexta-feira(13) a 20ª Edição do Canto Moleque, festival de intérpretes da cidade de Candiota, identificado com a cultura nativista o festival leva ao palco jovens talentos, iniciantes e alguns já conhecidos no meio artístico.
Para o prefeito Luís Carlos Folador, “é uma alegria muito grande o Festival estar em sua 20ª Edição, valorizando quem está iniciando sua carreira artística e projetando novos talentos no cenário musical ”. Folador ainda destacou a importância da imprensa no evento “ o trabalho das emissoras de rádio divulgando para seus ouvintes o Festival contribui para o sucesso e divulgação dos artistas que participam”. O prefeito comentou sobre a participação, neste ano, de três emissoras de rádio “ Santa Maria, Bagé e principalmente vocês da Primeira Capital Farroupilha, tenho um carinho especial e sou defensor das emissoras comunitárias”. 

Já o secretário de cultura Gil Deison Pereira falou sobre a mudança do local, na edição anterior foi na praça e neste ano acontece no Ginásio Municipal : “ é um festival que tem entrada gratuita, este ano pedimos um quilo de alimento não perecível que o público traz de forma espontânea, optamos por realizar o Festival no ginásio até mesmo por uma questão financeira, aqui a estrutura já está praticamente pronta, o que reduz consideravelmente os gastos”.

Podemos destacar a hospitalidade por parte das autoridades locais, Candiota recebe muito bem os profissionais da imprensa, músicos, intérpretes e o público em geral, sendo assim, o Canto Moleque em todas edições, é destaque no cenário dos festivais.