quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

ONDE ESTA A SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA?

Nós últimos dias os moradores de Piratini e cidades vizinhas,  vêm sofrendo com a falta de energia elétrica, sendo que as condições climáticas não estão favoráveis.
Hoje 99% das pessoas depende  da luz para executar, desde as funções mais simples ao cotidiano  diário: O comércio, meios de comunicação, polos indústrias, água potável, viveiros para criação domésticos e de consumo, conservar a  alimentação, enfim, a vida depende em grande parte da energia elétrica.
Não podemos deixar  citar  que no verão, pessoas com problemas respiratórios necessitam de ventiladores, nebulizadores e medicação que depende de refrigeração para manter  as suas propriedades, o ar condicionado entre outros equipamentos facilitam  o bem  diário, o ar condicionado e o ventilador são os equipamentos de maior  índice de venda no verão.
No interior de Piratini todos os distritos foram afetados, comum entre moradores as queixas em não conseguir atendimento pelo telefone,  e o  descaso por parte da Companhia de Estadual de Energias Elétrica CEEE.
COMO PROCEDER  PARA PROCURAR SEUS DIREITOS:
PROCURE UM ADVOGADO.

Ações indenizatórios por danos morais contra a CEEE-D devido ao mau fornecimento de energia elétrica que é um bem essencial documentos necessários: fatura de energia elétrica, xerox dos documentos pessoais, comprovante de renda, fotografias de bens estragados, atestado ou receita medicas se em casso de doença.
Os danos morais o desconforto que o consumidor eu/ ou sua família passam sem o serviço essencial de energia elétrica.

Os danos morais  são independentes dos prejuízos  com bens estragados, comprovada a falta de luz por mais de dois dias no meio rural e de mais de um dia na zona urbana, que o juiz dará sentença quem condena a CEEE-D a pagar ao consumidor um  valor em dinheiro.